Login

Mondi com novos filmes para Bag-in-Box

Mondi com novos filmes
 
A sustentabilidade está na ordem do dia para quem opta pelas embalagens Bag-in-Box. Seja para vinho, sumo de fruta ou produtos lácteos, os consumidores, os engenheiros técnicos e os produtores de embalagem têm que encontrar as soluções mais amigas do ambiente.
 
A pensar nisso, a Mondi acaba de introduzir dois novos produtos no mercado: o Styria Form Bar 50 e o Styria Form Bar 90 DW.
 
Ambos os filmes são produzidos na fábrica Mondi Styria, na Áustria. “Nós determinámos que é possível substituir estruturas de filme barreira coextrudadas de polietileno de 66 ou 70 mícrones  por uma estrutura de filme barreira coextrudada de 50 mícrones, e somos a primeira empresa a oferecer tal produto”, explica Günter Leitner, diretor administrativo da Mondi Styria. “A redução resulta no uso de cerca de 25% a menos de material, além de reduzir o peso do transporte e, consequentemente, a pegada de carbono global”.
 
Um cliente já está a testar o novo produto e diz que não teve nenhum impacto negativo no desempenho da máquina e que nenhuma mudança de equipamento foi necessária para utilizar o filme com sucesso, observa Leitner.
 
A Mondi agora também encontrou uma maneira de combinar o que é o filme padrão de duas camadas da indústria, compreendendo uma camada de estrutura de filme barreira coextrudada de polietileno de 70 mícrones mais uma camada de barreira de 40 mícrones, num filme de camada única, que mede apenas 90 mícrones de espessura. Uma redução de quase 20%. Atualmente, a Mondi fornece o filme de 70 mícrones para clientes que o combinam com uma camada de barreira fornecida por outro fornecedor para obter o resultado final desejado.
 
O bag in box é muito utilizado para embalagem de sumos de fruta
 
“A Mondi, mais uma vez, é a primeira e única fornecedora de filmes técnicos BIB capazes de oferecer esse tipo de produto mono-camada”, diz Leitner. “Como esse filme mais fino também produz mais medidores em execução por bobina, isso aumenta a eficiência e a produtividade dos nossos clientes.”
 
Além das vantagens ambientais mencionadas acima, a inovação elimina um passo do processo de conversão e permite que os clientes comprem e armazenem apenas um tipo de filme em vez de dois.

Há ainda uma redução do tempo de configuração da máquina, devido a ter que trocar apenas duas bobinas em vez de quatro e ter que trocar menos duas bobinas.
 
Além disso, ambos os novos filmes são adequados para aplicações de enchimento a quente (até 85ºC) e de enchimento a frio, oferecendo maior flexibilidade.