fbpx
DP - PACKAGING
Login
Atualizado a 20 Sep, 2019

Continente quer todas as embalagens mais sustentáveis até 2025

Continente loja
A insígnia de supermercados Continente comunicou que que 100% das mais de quatro mil embalagens de marca própria vão ser reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis até 2025.
A medida vai representar o fim de plástico desnecessário e passível de eliminação nas embalagens da retalhista.

Esta é uma das seis metas anunciadas no que respeita ao consumo responsável de plástico. Outras medidas anunciadas são:
 
  •  a eliminação de materiais plásticos como é o caso das caixas de plástico dos cotonetes Continente ou da louça utilizada nas Cafetarias;
  • o privilegiar dos modelos de reutilização de produtos / embalagens no âmbito da atividade comercial, como é o caso da disponibilização de sacos reutilizáveis;
  • o aumento da incorporação de matéria reciclada nas novas embalagens (como os sacos de plástico produzidos com 80% de material reciclado e 100% recicláveis e as cuvetes das secções de talho e pastelaria/padaria do Continente que incorporam 50% de PET reciclado);
  • o incentivo dos projetos de inovação que tenham por objetivos o desenvolvimento de materiais alternativos mais sustentáveis (que não utilizem recursos naturais produtivos) ou a redução de materiais de origem fóssil, como é o caso da recente parceria estabelecida com a Universidade do Minho para a eliminação total dos microplásticos nos produtos da marca Continente;
  • a intensificação de ações de informação e sensibilização junto dos consumidores e sociedade civil.
Isabel Barros, Administradora da Sonae MC e Presidente do Grupo Consultivo de Sustentabilidade da Sonae, afirma: “Desde cedo, e apostando no eco-design, o Continente assumiu uma posição dianteira na luta contra o uso e consumo excessivo de plásticos, assente em três eixos estratégicos: atuar, envolver, influenciar. A nossa “Estratégia e Compromissos para o Uso Responsável de Plásticos” está perfeitamente alinhada com a nossa Política de Ambiente e reflete o empenho do Continente no desenvolvimento de alternativas que contribuam para a otimização e minimização da utilização de plástico, que é um dos desafios mais prementes dos nossos tempos.”

Como resultado das iniciativas já implementadas, o Continente prevê uma redução apenas em 2019 de mais de 2 mil de toneladas de plástico.
 
Na sequência das metas definidas pela UE através da sua “Estratégia Europeia sobre Plásticos”, o Continente antecipa assim em 5 anos a meta que aponta para que todas as embalagens sejam reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis em 2030.