Log in

Mercado de impressão funcional e industrial vai crescer $ 114,8 biliões até 2022

Impressão industrial a crescer
Impressão industrial a crescer

Impressão industrial a crescer
A consultora Smithers Pira estima que o mercado da impressão funcional e industrial, que agora vale 76,9 biliões de dólares, deverá crescer para os 114,8 biliões até 2022 (cerca de 975 milhões de euros). Em 2012, o mercado valia US$ 37,2 biliões.


As aplicações de impressão industrial e funcional estão a crescer em segmentos específicos como é o caso da decoração e laminados, cerâmica, eletrónica, incluindo displays e energia fotovoltaica, vidro, aeroespacial e automotivo, biomédico, artigos promocionais e diversos, impressão em 3D e têxteis impressos a jato de tinta. Todos são impressos por uma variedade de métodos analógicos e jato de tinta.

"Os fornecedores desenvolveram novos equipamentos que ampliam as aplicações, com novas tintas, revestimentos e fluidos funcionais que oferecem novas propriedades de flexibilidade, adesão e durabilidade, além de novas capacidades em eletrónica e biomédica para fornecer ações específicas.

Embora os métodos de impressão analógica - gravura, flexo, litografia, tela, impressão de almofadas e fricção - sejam amplamente utilizados, existe um crescimento muito forte nos métodos digitais, com novas tintas para jato de tinta a abrir novas oportunidades", diz Sean Smyth, autor do relatório.

Estes mercados não utilizam substratos de papel ou cartão, mas o plástico, o filme, o vidro, a madeira, o metal, a cerâmica, os têxteis, os laminados e os materiais compósitos estão envolvidas. No caso da impressão em 3D, existem plásticos e metais, com alguns compósitos.

As rotas para o mercado variam amplamente, com grandes fabricantes a utilizar funções de impressão como parte de seus processos e empresas de impressão especializadas que fornecem serviços.
 
A Ásia é a maior região, refletindo a concentração de produção lá, com grandes empresas de impressão que fornecem materiais eletrónicos, filmes e materiais de decoração de interiores. É o lar de muitas empresas eletrónicas que utilizam a impressão como parte da fabricação de interruptores de membrana, tags, circuitos, displays e fotovoltaicos.

Há também um forte crescimento na América do Norte e Europa Ocidental para itens de alto valor e melhorias em muitos processos de fabricação. Novas tecnologias estão a ser desenvolvidas nessas regiões, com o jato de tinta têxtil a trazer a impressão têxtil de alto valor e curto prazo mais perto do utilizador final.