Login

As revistas impressas têm futuro, conclui o Magazine Seminar 2018

Relatório da Smithers Pira
 
Reuniram-se, em Bruxelas, na Bélgica, 65 especialistas das indústrias editorial e da impressão, para o Magazine Seminar 2018, organizado pela Intergraf e pela Smithers Pira. Entre as várias conclusões está a de qua ainda existe um valor forte na impressão de revistas, desde que o conteúdo seja forte.
 
Os participantes tiveram acesso a uma cópia exclusiva do relatório que revela que o mercado de revistas, como um todo, está em declínio. No entanto, "apenas um pouco do mercado de impressão desapareceu; as coisas de nicho ainda estão lá", explicou James Hewes, presidente e CEO da FIPP, a rede de media global. O mercado ainda era de € 8,3 biliões em 2017 e continua a oferecer oportunidades para as empresas que são capazes de evoluir e melhorar suas ofertas.
 
The Economist Magazine, uma das principais histórias de sucesso da indústria, foi apresentado por Nicolas Sennegon, vice-presidente executivo e Chief Revenue Officer  do The Economist Group. Ele destacou a importância de um conteúdo e marca fortes - seja impresso ou em outras plataformas - sugerindo que "agora precisamos colocar a impressão como parte do portfólio, não no núcleo". Collin Müller, chefe de desenvolvimento estratégico da Hubert Burda Media, a maior editora de revistas da Alemanha, elaborou que "as revistas não são o produto - o conteúdo é".
 
O evento teve o apoio da European Magazine Media Association (EMMA), da European Rotogravure Association (ERA) e da Nordic Offset Printing Association (NOPA). Foi patrocinado pela manroland web systems.