fbpx

Carne_Sintetica_da_Nova_Meat.jpg

A impressão 3D é o grande trunfo da marca Nova Meat, que conseguiu imprimir “carne vegetal” ao utilizar uma impressora 3D e proteína vegetal.

Após dez anos de pesquisa, o especialista em biomedicina e engenharia de tissue, Giuseppe Scionti, conseguiu imprimir carne sintética que se assemelha a frango ou carne de vaca.

Imprimir 100 gramas de carne vegetariana custa pouco menos de US $ 3, mas como o processo se dirige para a industrialização e comercialização, o preço vai diminuir à medida que o volume produzido aumenta.

O desafio está em conseguir as nanofibras das proteínas vegetais para que imitem a estrutura das proteínas animais. Entre as escolhas possíveis, o investigador deixou de lado o abacate e a quinoa, cujo aumento da procura pode ter um impacto negativo no ambiente.

A única coisa que está a faltar à carne sintética é o sabor semelhante e por isso a Nova Meat procura parcerias com chefes e já apresentou o projeto a Ferran Adriá e Can Roca.