fbpx

A FCB Lisboa, a The NavigatorCompany, a VASP e 63 outros órgãos de comunicação associaram-se na campanha “Soldados do Papel”, que pretende dar apoio aos pontos de venda de jornais e revistas.

A campanha pretende fazer uma homenagem aos vendedores de jornais e revistas que, em fase de confinamento social, têm tido um papel determinante no acesso dos portugueses à informação e na atividade da indústria da comunicação como um todo, merecendo por isso um reconhecimento pelo seu empenho enquanto “Soldados do Papel”.

Que bom poder homenagear um grupo de trabalhadores tão importante para a indústria de comunicação como um todo”, referiu Edson Athayde, CEO e diretor criativo da FCB Lisboa, no comunicado que anunciava a ação. Adiantava ainda: “Em cada ponto de venda que permanece aberto há verdadeiros soldados da notícia, os nossos soldados do papel. Firmes, corajosos, solidários neste momento. Porque sabem que a vida não pode parar. Juntos vamos vencer esta guerra. Mais uma vez, obrigado”.

Sacos Soldados do Papel

A The Navigator Company está a fazer chegar papel de escritório a 1500 pontos de venda, para uso diário nas suas atividades e para poderem apoiar a impressão de documentos dos seus clientes. Além disso, vai doar 100 mil sacos de papel, com mensagens inspiradoras, para que 4000 pontos de venda de jornais e revistas os possam oferecer aos seus clientes habituais.

Em tempo de confinamento social e de teletrabalho, as pessoas deixaram de ter a facilidade de imprimir documentos e pretende-se, através deste simples gesto, que estes pontos de venda sejam facilitadores dessas necessidades.

Esperança, Amizade e Coragem são as palavras que a The Navigator Company imprimiu nos 100 mil sacos de papel. Os sacos estarão disponíveis em 4000 pontos de venda de revistas e de jornais do país e serão oferecidos aos clientes habituais destes espaços.