fbpx

No ano em se celebram os 500 anos em Portugal, os CTT editaram o livro “500 Anos do Correio em Portugal”, da autoria do historiador Fernando Moura. O autor foi durante muitos anos o Conservador do Património Artístico e Filatélico do Museu Postal dos CTT, situado na Fundação Portuguesa das Comunicações.

O livro contém descrições detalhadas da história dos correios em Portugal durante estes cinco séculos, destacando os principais momentos que definiram o enquadramento desta atividade.

Livro CTT 500 Anos

São eles o dia 6 de novembro de 1520, quando foi criado o Ofício pelo Rei D. Manuel I que nomeia o 1º Correio-Mor Luis Homem, cavaleiro da Casa Real; o período entre 1520 e 1606, a época dos Correio-Mor de nomeação real e a venda do cargo por D. Filipe II de Espanha à família Gomes da Mata, em 1606, constituindo a “primeira privatização do serviço postal”.

Logo em 1797 deu-se a reincorporação dos serviços outra vez na Coroa, por D. Maria I; em 1852, fala sobre a Reforma Postal Portuguesa, “segundo o modelo inglês de Sir Rowland Hill”, durante o reinado de D. Maria II; e a 1 de julho de 1853 começa a circular o primeiro selo português.

Já no século XX, a 1 de janeiro de 1970 a Empresa Pública Correios e Telecomunicações de Portugal inicia a sua atividade. Em 1978 é lançado o Código Postal, princípio fundamental de modernização do serviço e em 1992 os CTT autonomizam-se enquanto Operadores Postais designados, separando-se da atividade de Telecomunicações, assumindo a forma de Sociedade Anónima de capitais exclusivamente públicos.

Mais recentemente, a 10 de outubro de 2013, o governo aprovou o modelo de privatização dos CTT. A conclusão da operação deu-se em 5 de setembro de 2014. Foi a segunda vez que se privatizou o Serviço Postal em Portugal, e no dia 18 de março de 2016 registou-se mais um marco: o nascimento do Banco CTT.

O livro está a venda nas Lojas CTT e noa Loja Online dos CTT, em capa dura com o custo de €40,00. Trata-se de uma edição bilingue limitada a 4 500 exemplares numerados e contém os cinco grupos de selos da emissão “500 anos do Correio em Portugal”, compostos por 22 selos e 4 blocos com o valor facial de €23,08 emitidos entre 2016 e 2020.