fbpx
DP - PACKAGING
Login
Atualizado a 12 Dec, 2019

Industria gráfica brasileira com deficit de 269,5 milhões de dólares

eyes on brazilA indústria gráfica, no Brasil, continua a lutar para manter um volume de vendas e margens saudáveis, e as importações de produtos gráficos acabados ainda existem no país. Mas, de acordo com os últimos dados divulgados pela Associação da Indústria Gráfica Brasileira (Abigraf), a balança comercial do sector registou um deficit de 269,5 milhões de dólares em 2013, liderada pela importação de 28 000 toneladas de material editorial, como livros e revistas.


De acordo com a Abigraf, este é o sétimo ano de deficit contínuo, agora com exportações no valor de 279,1 milhões dólares americanos e importações de 548 600 mil dólares, respectivamente, correspondendo a 88,4 mil toneladas e 101,5 mil toneladas de produtos. Para reduzir as importações, a associação está a tentar obter a aprovação de legislação para dar prioridade às gráficas brasileiras nas compras governamentais.


Em relação às exportações brasileiras, os principais mercados são a Venezuela (23%), o Uruguai (19%) e a Argentina (8%). Quanto às importações, livros e revistas foram responsáveis por 34% do valor total, ou 185,9 milhões de dólares americanos. A China foi responsável por 28 % desse total, seguida de Hong Kong e EUA, cada um deles com 15%.