Login

Epson em roadshow por tecnologia mais sustentável

Epson Roadshow
 
A Epson reuniu os parceiros no Epson Business Partner Conference Roadshow 2018, que decorreu no Wip – Lisbon Events. As novidades do portefólio, a visão de um futuro mais sustentável, os benefícios de ser parceiro e o impacto da mudança da impressão a laser para a impressão a jato de tinta foram os temas em foco.

Os especialistas de cada área de produto fizeram uma apresentação dos novos modelos e respetivos pontos fortes, em áreas tão diferentes como a projeção, a impressão a jato de tinta para office e ambientes de produção, a digitalização e soluções para o retalho.
 
IMG 8020

Na área da projeção, por exemplo, foi possível conhecer as novidades em termos de hardware e software, que permitem que duas pessoas possam estar em dois locais diferentes do mundo, cada qual com o seu projetor, que lhes permite fazer tarefas como a partilha e a interatividade numa apresentação empresarial ou formação.

No que respeita à impressão para ambiente office, os parceiros de canal conheceram os novos modelos Workforce e tiveram acesso a dados comparativos relativamente à tecnologia laser, que indicam que o consumo de energia pode ser até 96% inferior quando utilizada a tecnologia de impressão a jato de tinta.
 
IMG 8034

Na impressão para produção, a estrela da sala foi um dos modelos da mais recente gama da Epson, o SC-T3100. Pedro Dias fez uma demonstração do funcionamento do equipamento, sublinhando que todas as tintas com que a máquina está equipada são pigmentadas. Deu como exemplo as impressões de plantas, que podem ser levadas para locais de obras sem qualquer problema, uma vez que a impressão não vai esborratar se entrar, acidentalmente, em contacto com a água.
 
IMG 8053

A área POS não foi esquecida, havendo uma apresentação das soluções existentes assim uma breve explicação de desenvolvimentos futuros. Em exposição estiveram alguns exemplos de aplicações como a impressão de etiquetas a cor no retalho ou a personalização de fitas de tecido.
 
IMG 8063

O evento contou com intervenções de Oscar Visuña, Head of Business Sales, Yolanda Ortega, Reseller Sales Manager e Joan Escoté, CSR Manager da Epson Ibérica, assim como de Gonçalo Teixeira, do Impact Hub Lisboa.

Oscar Visuña falou acerca do grupo Epson, das suas visões e metas para um futuro mais sustentável e pelo constante empenho na pesquisa e desenvolvimento, de soluções que visam contribuir para um amanhã melhor.  Na Environmental Vision 2050, a Epson define que tem como objetivo a redução, em 90%, das emissões de CO2 durante a vida útil dos seus produtos e serviços.
 
Oscar Visuña
 
Oscar falou do portefólio da empresa para os mais diversos segmentos de mercado e da forma como pode contribuir para melhorá-los. Deu como exemplo o retalho: “Os clientes procuram soluções que possam atrair as pessoas às lojas, ajudá-las a circular e a comprar. A Epson tem tecnologia que pode ajudar a destacar os produtos mais interessantes e que pode ajudar a mudar a experiência do cliente”.
 
Yolanda Ortega explicou que a Epson está focada em cinco mercados-chave: a educação, o retalho, a saúde, o mercado empresarial e a administração pública. Revelou também uma promoção de lançamento da nova gama CAD que estará em vigor até 31 de dezembro de 2018, que permite a encomenda de dois modelos diferentes com um desconto direto de 50% sobre o preço base de cada máquina.
 
Yolanda Ortega

Yolanda mencionou também os novos lançamentos em cada segmento assim como os serviços, onde se incluem as soluções de Managed Print Services, sob as insígnias Print 365 e Print Performance. Joan Escoté, por sua vez, abordou as questões relacionadas com a responsabilidade social e corporativa dentro da Epson e a importância para os respetivos clientes finais.
 
Gonçalo Teixeira

Gonçalo Teixeira, da Impact Hub não falou de tecnologia. Optou por sublinhar a importância de escolher fornecedores com boas credenciais de responsabilidade ambiental e social. Referiu que as empresas que se preocupam mais e investem realmente na redução do impacto ambiental e nas responsabilidades sociais são, também, mais lucrativas, uma vez que o consumo com consciência é uma tendência crescente. São empresas que beneficiam de uma melhor reputação e são, inequivocamente, mais inovadoras.