fbpx

A Ricoh reuniu os clientes num evento online, reunião cujo mote foi dado pelo termo Henkaku. A honrar a palavra escolhida – que significa “inovação transformadora”, António Tavares, Carlos Cano e Carlos Casado, falaram sobre as mais recentes transformações do mercado, decorrentes do impacto da pandemia do novo coronavírus, e de que forma as soluções da marca podem ajudar na flexibilidade das estruturas.

“Agora, mais do que nunca, é tempo para inovação”, diz António Tavares, Sales Manager Ricoh Commercial & Industrial Printing Portugal. “Urge flexibilidade de restrições e a reabertura da economia, embora de forma diferenciada, consoante a atividade”, diz, relembrando que se houve impactos também surgiram novas oportunidades.

António Tavares reconhece que a maior parte das gráficas está agora a pensar em sobreviver às atuais condições, porém apela a que se concentrem num futuro mais positivo e na bonança que segue à tempestade, focando-se em equipar as suas empresas e recursos humanos com as ferramentas que permitem uma maior flexibilidade e eficiência, com uma clara aposta na automação.

 

configuracoes

A C5300 com mais ou menos módulos

Com tecnologia VCSEL e resolução de 2400 x 4800 dpi, a C5300 é a terceira geração de um equipamento lançado, pela primeira vez, em 2014, e foi apresentada em maior detalhe durante a reunião de hoje. “São sistemas muito fiáveis e sólidos”, explica Carlos Cano, Diretor de Produto Commercial & Industrial Printing Ibéria.

Com um toner químico com fusão a baixa temperatura, a máquina está equipada com diversas melhorias, incluindo o aperfeiçoamento no registo e no tratamento de variados tipos de suportes como, por exemplo, os de maior gramagem.

Disponível de forma modular, as empresas podem optar por apostar na versão mais compacta e com menos funcionalidades, para um investimento de entrada de gama. Gradualmente, à medida que desenvolvem o negócio, podem adicionar opções de acabamento ou de reforço da produtividade.

Com a crescente digitalização, a diminuição das tiragens e o aumento da variedade do tipo de trabalho, a Ricoh acredita que o modelo C5300 pode ser a resposta às necessidades de muitas empresas. Mais do que velocidade, diz Carlos Cano, importa julgar as capacidades do sistema pela versatilidade que acrescenta às linhas de produção.

 acabamentos

A importância dos fluxos de trabalho

Na reunião, a Ricoh mostrou a importância dos fluxos de trabalho, mencionando as principais forças do Total Flow e do Fusion Pro (mais dedicado à impressão de dados variáveis), como duas das várias soluções disponíveis.

As nossas soluções de fluxo de trabalho são agnósticas de marcas. Têm de ajudar as empresas e não os nossos equipamentos”, refere Carlos Casado, Diretor de Desenvolvimento de Negócio Commercial & Industrial Printing Ibéria, ao explicar que estão preparadas para unificar a comunicação entre os diversos dispositivos no parque de máquinas, independentemente da insígnia fabricante.

Em breve, os clientes da marca vão contar ainda com uma nova ferramenta, online, completamente gratuita: o Ricoh Business Booster. Trata-se de um portal com vários modelos disponíveis para criar materiais de comunicação para campanhas, ferramentas e material de formação para marketing e vendas, além de vários white papers e artigos de especialistas no mercado.