fbpx

A Emoções ao Quadrado aliou-se à luta contra a pandemia do novo coronavírus e está a fazer a produção de Viseiras de Proteção Clínica.

Desenvolvidas e produzidas pela empresa do Cacém, já foram entregues mais de 11 mil viseiras nos Hospitais de Santa Cruz, S. Francisco Xavier e Lusíadas Saúde, entre outros.

Emocoes ao Quadrado © Emoções ao Quadrado


Após parar a produção a 19 de março, a empresa reabriu uma parte da fábrica para produzir dezenas de modelos diferentes até chegar ao modelo ideal, dando resposta ao pedido de dois médicos amigos.

Reabrimos uma parte da fábrica para iniciar os sucessivos testes, de forma a criar uma viseira que fosse fácil e rápida de produzir e reutilizável. Aprovado o modelo, redirecionamos as linhas de montagem, convertemos os equipamentos e esforços na produção de viseiras, como ocorre nos tempos de guerra. E nós temos de vencer esta guerra”, diz a administração da empresa.

Emoções ao Quadrado © Emoções ao Quadrado

Foram necessárias alterações aos equipamentos e linhas produtivas, sendo que a Emoções ao Quadrado consegue fazer a produção diária de 2 000 viseiras. “O empenho diário e incansável dos nossos profissionais de saúde, numa luta sem tréguas contra o COVID-19, tem o nosso contributo e isso faz-nos sentir bem”, explicam. Adiantam ainda: “vale a pena lutar pela saúde dos portugueses, vale a pena lutar por todos nós, vale a pena lutar por Portugal”.

A Emoções ao Quadrado foi também a primeira empresa a investir na impressão 3D em grande formato. Recorde aqui o artigo relacionado.